Endeavour | 1ª missão completa

Dois astronautas da equipa espacial da nave norte-americana ‘Endeavour’ concluíram sábado, antes do previsto, a primeira de cinco saídas orbitais programadas para a actual missão. O seu objectivo em órbita era preparar a instalação de ligações do último elemento do laboratório Kibo, que investiga o espaço. Depois de um mês de atrasos, a missão corre agora bem

A partida foi adiada várias vezes por problemas meteorológicos, mas a missão parece agora ter entrado nos eixos. Os dois astronautas da equipa espacial da nave norte-americana Endeavour concluíram na madrugada de sábado, com êxito e antes do previsto, a primeiras das cinco saídas da Estação Espacial Internacional agendadas.

Os norte-americanos Tim Kopra – que efectuou a sua primeira caminhada espacial – e David Wolf – um astronauta veterano, já com quatro passeios espaciais – iniciaram oficialmente a saída da Estação Espacial às 16.19 GMT – hora de Greenwich – de sábado (17.19, hora portuguesa). A missão dos astronautas estava programada para durar seis horas e meia, mas às 21.51 GMT, mais uma hora em Portugal, já estavam de volta à estação, dando entrada na câmara de descompressão.

Os dois astronautas ficaram cinco horas e 32 minutos fora da estação espacial, numa saída mais curta do que o previsto, mas executaram com sucesso o principal objectivo. A sua missão em órbita era preparar a instalação de ligações do terceiro e último elemento do laboratório japonês Kibo, que faz estudos no espaço. Além disso, os cosmonautas também tiveram de usar uma ferramenta desenhada de propósito para ajustar um sistema de transporte de carga, fixar as capas dos mecanismos onde os módulos lunares Harmony e Unity vão atracar e instalar um sistema de carga na área principal da estação.

Concluída a missão, a equipa de 13 astronautas a bordo da Estação Espacial acordou ontem ao som de Learning to Fly, música interpretada por Tom Petty and The Heartbreakers, dedicada ao novato da tripulação, Chris Cassidy, que se tornou a 500.ª pessoa a fazer uma viagem espacial.

Ontem, os ocupantes da Estação Espacial Internacional tinham a missão de reparar o Dispositivo Avançado de Exercícios de Resistência – uma máquina usada pelos astronautas para fortalecer os músculos.

Mas uma das principais missões dos ocupantes da Estação Espacial Internacional é mesmo a instalação de uma plataforma de mais de quatro toneladas no laboratório japonês Kibo. Esta estrutura, baptizada pela NASA como Veranda, servirá de base a um conjunto de aparelhos de investigação espacial.

Depois de mais de um mês de atraso e de cinco adiamentos da descolagem, a missão dos sete tripulantes do Endeavour começa agora a ser realizada com êxito. O vaivém espacial iniciou a sua viagem na quarta-feria em direcção à Estação Espacial Internacional, precisamente em vésperas da chegada do primeiro homem à Lua.

A nave espacial Endeavour, descolou do Centro Espacial Kennedy pouco depois das 18.00 locais (22.00 em Lisboa) a partir do seu bloco litoral – o mesmo usado na descolagem de Apollo 11 a 16 de Julho de 1969.

Com o lançamento da nave, os especialistas da NASA puderam finalmente respirar de alívio. Desde 13 de Junho, primeira data prevista para o lançamento do vaivém Endeavour, os trabalhadores da nave tiveram de superar vazamentos de hidrogénio e, desde o fim-de-semana passado, também trovoadas.

Os céus finalmente limpos permitiram ao comandante do Endeavour, Mark Polansky, e à sua tripulação embarcar para a sua aventura de 16 dias no espaço.

~ por aia2009 em 20 de Julho de 2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: