Lunar | moeda oficial da Lua

Moeda oficial da República da Lua (Lunar)

Em 1969, quando o homem chegou à Lua, imaginava-se que por esta altura, passados 40 anos, já teríamos uma colónia Lunar com residentes, viagens em massa e quem sabe até um país na Lua.

Bem, isto ainda não aconteceu, mas tal era a euforia da altura que alguns chegaram mesmo a criar uma moeda oficial, o Lunar. Confira abaixo as notas da República da Lua:

1 Lunar – Homenagem ao pioneiro Yuri Gagarin, o primeiro homem em órbita.

1_Lunar

3 Lunares – Homenagem ao Grego Ptolomeu, que descobriu e estudou o movimento dos astros.

3_Lunares

Na nota de 5 lunares, o homenageado é o pianista Ludwig Von Beethoven, provavelmente por dois motivos: a sua composição “Sonata ao Luar” e o facto de que os trechos das suas sinfonias tocarem na Sonda Voyager.

Este lugar poderia igualmente ser atribuído a Strauss, que teve composições imortalizadas em varias musicas do espaço em “2001 uma Odisseia no Espaço.”

5_Lunares

10 Lunares – Homenagem ao pioneiro da astronomia, Nicolau Copérnico, autor da teoria do heliocentrismo.

10_Lunares

20 Lunares – Homenagem a Júlio Verne, um dos primeiros homens a imaginar (e publicar) a aventura de uma viagem à Lua.

20_Lunares

O cientista Johannes Kepler, pai das três leis fundamentais da mecânica celeste, é o homenageado na nota de 50 Lunares.

50_Lunares

Por fim, como não poderia deixar de ser, a nota mais alta, de L$ 100,00 presta homenagem ao seu primeiro visitante, Neil Armstrong.

100_Lunares

~ por aia2009 em 18 de Agosto de 2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: