Radiação cósmica de fundo | Registos da Planck

telescópio Planck da Agência Espacial Europeia permitiu fotografar a “luz mais antiga do universo” – abrindo novas portas para entender a formação do universo.
telescópio espacial foi lançado em Maio do ano passado com a missão de vigiar a radiação cósmica emitida pelo universo apenas 380 mil anos após a sua formação.
A linha branca que atravessa a parte central da imagem é a via láctea. A luz intensa ao contrário do que se possa pensar, não provém das estrelas, mas sim da radiação libertada pelas nuvens de poeiragás espacial que se encontram entre as estrelas.
Mas o aspecto mais interessante, são os tons vermelhos e púrpura da imagem, que representam os resquícios da explosão que deu origem ao universo.
“Estamos a abrir as portas a um “El Dorado” para os cientistas que estão à procura das provas que levarão a um melhor entendimento da origem do universo e para onde caminha” disse o director deexploração científicarobótica da Agencia Espacial Europeia (ESA), que acrescentou ainda “A imagem tem uma qualidade incrível e é um tributo a todos os engenheiros que construíram e estão aoperar o Planck”.

Notícia publicada pelo jornal i (ver aqui)

~ por aia2009 em 6 de Julho de 2010.

Uma resposta to “Radiação cósmica de fundo | Registos da Planck”

  1. Nós da Web’s Life gostamos muito deste site e gostariamos de saber se não querem uma parceria conosco, aumentando assim a

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: